Recuperar senha?

Uma senha será enviada para você. Você poderá mudar sua senha e outras configurações uma vez que estiver conectado.

Banlist: e agora? – Parte 1

Banlist: e agora? – Parte 1

Eu não sei quanto a vocês, mas a banlist é o post que mais gosto de fazer aqui no HDD!  Pensando nisso, resolvi trazer uma análise da lista e tentar prever o que teremos nos próximos três meses. Dividi em  partes porque é bastante coisa, então assim fica mais fácil a leitura. Vamos lá?

Dragon Rulers: o fim de uma era

Quase dois anos após o serem apresentados ao mundo do Yu Gi Oh, os quatro dragões mais utilizados da história do cardgame foram finalmente banidos. Vimos o deck perder seu prestígio ao longo do tempo, várias variantes foram formuladas mas em 1º de abril o seu reinado está completamente terminado. Estou feliz em vê-los ir? Certamente que não, mas eles provavelmente foram banidos graças ao Number 95: Galaxy-Eyes Dark Matter Dragon.

Number95GalaxyEyesDarkMatterDragon-PGL2-EN-GScR-1E

Blaster, Dragon Ruler of Infernos; Redox, Dragon Ruler of Boulders; Tempest, Dragon Ruler of Storms; e Tidal, Dragon Ruler of Waterfalls provavelmente nunca verão a luz do dia novamente. Muitos adoraram, outros nem tanto, posso dizer que de certa forma gostei. Gosto quando a konami vira o jogo todo e obriga os duelistas a encontrarem alternativas.

Mas, vamos voltar ao motivo dos dragões terem ido pro limbo, vamos falar do Galaxy-Eyes Dark Matter Dragon. Mas que p!@#$$ de carta é essa? Bom, ela atua como três cópias de Burial Foolish para dragões. Deixe-me repetir isso - são três cópias de Burial Foolish com 4000 ATK jogando toneladas de dragões no cemitério para servirem como food para seus dragon rulers.

Snatch Steal: volta pra onde nunca devia ter saído

Não há nada que você possa dizer para me convencer que esta carta deveria ter voltado em janeiro. A konami viu a cagada que fez e logo tratou de resolver. Considero ela uma das cartas mais "broken" já criadas pela humanidade. Que bom que voltou para seu lugar!

Sinister Serpent, Temple of the Kings, Crush Card Virus, Exchange of the Spirit: Como acabar com uma carta

Na época que foram lançadas, essas cartas eram o terror dos duelos e dos bolsos da galera. Nenhum delas jamais voltariam, seu poder destrutivo faria com que o cardgame virasse de ponta cabeça. No entanto, a Konami fez o impensável e mudou os efeitos de uma meia dúzia de cartas, chocando todos no processo com tamanha aberração. Vimos Dark Strike Fighter sofrer uma errata há alguns meses, a carta, que antes era usada por todos, agora caiu no esquecimento.

CrushCardVirus-PGL2-EN-GUR-1E SinisterSerpent-LCYW-EN-ScR-1E

view

Infelizmente, eu não sei o que pensar sobre Sinister Serpent. Basicamente, você só pode usar a Serpente, uma vez , pois logo no próximo turno ela sera banida com a sua nova desvantagem. Eu acho que vamos ver-la no jogo ainda, mas não da mesma qualidade de antes. Exchange of the Spirit e Temple of the Kings foram simplesmente retalhadas e não vejo utilidade no cenário competitivo real

Por outro lado eu garanto que veremos Crush Card Virus jogando novamente, mesmo que exclusivamente nos Burning Abyss. O efeito não é tão devastador como era antes, com o efeito de destruição de três turnos, mas basicamente você está ativando um Raigeki para o campo do seu oponente e para os monstros em sua mão. Francamente eu estou animado para ver o que vai acontecer.

Tour Guide From the Underworld, Preparation of Rites: golpe ao metagame

Preparation foi um golpe duro para os nekroz. Exagero? talvez, mas já vi o deck funcionando com apenas uma cópia dessa carta e dois brionacs, o resultado é a perda considerável de velocidade e consistência. Sim o deck ainda vai ser top, mas os duelistas vão ter que achar novas formas de acelerar  o deck. Digo que foi o golpe mais duro que a nova banlist desferiu.

Tour Guide limitada termina a era dos XYZ rank 3 o tempo todo. Dino Rabbit, Dark World, Wind-Ups e muitas outras estratégias usadas com Tour Guide foram pro limbo. Obviamente, o deck mais atingido foi o Burning Abyss, mas o deck não vai desmoronar. As estratégias Abyss só precisam de um início com Graff, Malebranche of Burning Abyss ou um punhado de outros monstros Abyss para fazer um FTK ou OTK - ele não precisa de três Tour Guide. O deck perde tanto quanto o Nekroz sim, mas ainda vai ser top.

Burning Abyss vai prosperar simplesmente porque eles têm muitas cartas boas de suporte. Mathematician, Phoenix Wing Wind Blast, Mask Change II, fora as muitas outras novas que vão sair.

Dragon Ravine: os dragunity vão voltar?

Eles perderam Tempest, Dragon Ruler of Storms, mas ganhou sua Magia de Campo de novo!
Com todos os quatro dragões banidos, você não pode abusar de Dragon Ravine como uma espécie de Dragon Shrine de uma vez por turno. Uma cópia do Dragon Ravine muda pouco, e eu vejo Dragão Ravine recebendo o mesmo tratamento que Goyo Guardian - lentamente reintroduzido ao jogo uma cópia de cada vez, ao longo de várias listas.

Não percam o próximo capítulo!

Corvo

Corvo tem o poder supremo de gerar melhorias e destruir dados. Ele pode tanto criar um mundo magnifico (como a programação do site do HDD) quanto causar caos e destruição (como deletar a DB do HDD). Ele é o administrador do site. Respeite-o e será respeitado, desrespeite-o e sofrerá as consequências ... Mhua ha ha ha ha!

Gostou? então compartilhe!

Postagens relacionadas

[fbcomments url="" width="595" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

0 Comentários